Buscar
  • Igor Kondrasovas

Imprimir o Plano de Corte


Para o corte de chapas com serras seccionadoras, guilhotinas e facas, o plano de corte impresso em papel é uma ótima solução para orientar o operador no sequenciamento dos cortes. Também auxilia na elaboração de orçamentos com rapidez.

Nas empresas onde existam máquinas automáticas (CNC), apesar da programação ser feita diretamente por código G, os plano de corte em papel podem orientar na organização do trabalho e na conferência das peças produzidas.

Como Imprimir o Plano de Corte

Você pode imprimir os planos de corte gerados de duas formas:

A primeira é através de criação automática de um relatório no formato Microsoft Word (docx) que você pode editar, fazer alterações e depois imprimir.

A segunda é imprimir diretamente para a sua impressora, apenas os diagramas dos planos de corte, contendo as informações essenciais para cada chapa.

Imprimir o Plano de Corte Diretamente

Após finalizado o nesting, você pode imediatamente imprimir os planos de corte. Este tipo de impressão é indicado para quem necessita apenas dos diagramas de corte com maior visibilidade e com os detalhes essenciais de cada chapa.

Ao clicar em "imprimir", o documento será gerado automaticamente e aberto para visualização, conforme imagem a seguir:

Observe que este documento privilegia o desenho do plano de corte, sem os detalhes que existem no relatório formato Word. Mas ele também traz bastante informações, como a ordem de produção, o material utilizado, o tamanho da chapa, a margem de segurança, a espessura do corte (distância entre as peças), a quantidade de peças no plano de corte, a quantidade de retalhos, o aproveitamento da chapa e a quantidade de cortes.

Para imprimir este documento, basta clicar no ícone da impressora, localizado no canto superior esquerdo, conforme a imagem a seguir:

Relatório no Formato Word

Este relatório é o mais completo, pois possui um resumo com dados de uso do material, a listagem de peças e os retalhos gerados.

Para criar este documento de forma automática, basta ir até a aba "Relatórios" e fazer um duplo clique sobre o item "Relatório (Word)", conforme imagem a seguir.

Você deverá indicar o local e nome do arquivo que deseja criar. Depois que estiver pronto o arquivo será aberto automaticamente.

A primeira página de cada material contém um resumo, com a quantidade de chapas utilizadas, peças produzidas, retalhos e sucatas, a quantidade de cortes, acabamentos e o aproveitamento médio daquele material.

Em seguida, será exibida a lista de peças e retalhos. Esta lista contém exatamente as peças cadastradas nesta ordem de produção e contem as informações da referência, largura, comprimento, quantidade e acabamentos.

Observe na imagem a seguir uma coluna adicional chamada "Planos". Ela é bastante importante, pois informa em qual (ou quais) chapas se localizam as peças. Por exemplo, a peça "Remate" será produzida no plano de corte de número 2.

Esta orientação facilita o trabalho de conferência e organização das peças produzidas.

Após está página informativa, seguem os diagramas de corte de cada chapa a ser produzida.

Organizar o Ambiente de Produção

Além de ser um documento auxiliar no planejamento e controle da produção, você pode imprimir o plano de corte para orientar e documentar a programação dos cortes.

Em ambientes industriais onde não existem máquinas automatizadas, este tipo de documento é uma ferramenta importante. Ele ajuda a organizar e documentar a programação dos cortes, processo que carece de previsibilidade.

Orçamentos com Rapidez

Imprimir o plano de corte também pode ajudar na criação de orçamentos dos serviços de corte, anexando ao pedido ou proposta comercial os planos que serão gerados.

Algumas empresas solicitam ao cliente para dar um "visto" em cada plano de corte, para que o cliente esteja ciente daquilo que será produzido e qual a percentagem de aproveitamento do material.

Ajude-nos!

Gostou de artigo? Então envie para seus amigos por email ou através das redes sociais. Ficamos muito gratos!